Get Adobe Flash player

Percurso Pedestre no Parque Natural do sudoeste alentejano e Costa Vicentina

cabo_sardao_activSugerimos uma caminhada junto ao mar a partir de Almograve até ao cabo Sardão. O percurso pode ser feito de ida e volta ou, se tiveres dois carros, deixar um no final para o regresso. Podemos ainda combinar com um táxi para nos ir buscar ao cabo Sardão ou pedir para nos deixar lá no início e fazer o percurso inverso. Trata-se de um percurso pedestre circular suge­rido e identificado pelo PNSACV que começa e termina em Almograve onde se encontra o pla­carei de interpretação. Daí, dirige-te para a praia e logo de seguida para a direita por cima de um passadiço de madeira que protege as primeiras dunas e da acesso a falésia. Nesta zona a falésia é baixa e o trilho arenoso fica entre bonitas flo­res e vegetação rasteira e dunar. Mais a frente irás encontrar a praia dos Ouriços que fica na foz duma ribeira. Regressamos pelo caminho que tínhamos acabado de fazer, e, novamente na praia de Almograve, continuamos em frente para sul. À beira-mar há um estradão que nos leva ate ao porto das Lapas. Este é um pequeno acesso ao mar utili­zado por pescadores que aproveitaram bem um canal natural por entre rochas e um pequeno promontório a proteger da ondulação e vento de norte, muito típicos na nossa costa ocidental. Continuando, o estradão que no porto das Lapas das Pombas passou a trilho irá propor­cionar paisagens espectaculares sobre as falésias vertiginosas onde a cor da rocha e da vegetação arbústica contras­ta com o azul forte do Atlântico. Nesta costa ainda selvagem pode observar-se em época própria um fenómeno único em Portugal: a nidificação das cego­nhas em pequenos ilhéus pontiagudos que se encontram junto a costa. 0 regresso do cabo Sardão pode ser pelo mesmo trilho que, visto de uma perspectiva diferente, parece outro…